Metas literárias para 2016

We <3 It

   Olá!
 
   Bem, depois da retrospectiva de leituras de 2015, chegou a hora de estabelecer minhas metas de leitura para o novo ano. Sempre vejo blogueiros participando de desafios literários, mas nunca aderi, mesmo achando uma proposta divertida e interessante. Costumo apenas marcar alguns livros que pretendo ler na meta de leitura do Skoob. Até pensei em participar de algum esse ano, porém deixei a ideia de lado e estabeleci apenas algumas metas simples para me organizar um pouco, nenhuma que seja um desafio de fato.
   São estas as minhas metas:

  • Ler pelo menos 5 livros cristãos 
  • Ler pelo menos 5 livros que já tenha em casa
  • Terminar a leitura completa da Bíblia 
  • Ler pelo menos um livro de ficção científica
  • Ler pelo menos dois livros policiais/de mistério
   Agora, alguns dos livros que estou mais ansiosa para ler em 2016:




 A cidade do sol - Khaled Hosseini

 Depois de ler O caçador de pipas e ficar encantada  pela história (e emocionada, diga-se de passagem), a consequência só podia ser me interessar por mais livros do autor, portanto estou ansiosa para ler este. Na verdade, mal lembro de ter lido a sinopse até esse post, mas já ouvi elogios a respeito dele e não acho que eu vá me decepcionar.

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.


Toda Luz que Não Podemos Ver - Anthony Doerr

 Desde o seu lançamento no Brasil pela Intrínseca, o livro tem me chamado a atenção, tanto pela sinopse quanto pelos comentários de leitores. Aliás, pela própria crítica ele foi muito bem recebido, afinal, ganhou em 2015 o Prêmio Pulitzer da ficção. 

Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

 Jane Eyre - Charlotte Brontë

 Este clássico está na minha lista de leitura desde o ano passado, quando terminei minha coleção de livros da Jane Austen e fiquei com vontade de conhecer novos autores do gênero. Li O morro dos ventos uivantes, da Emily Brontë, aos trancos, pois sinceramente foi um livro que não correspondeu ao meu gosto, apesar de saber que muita gente ama :(
 Bem, tenho grande esperança de que Charlotte me surpreenda mais positivamente do que sua irmã, em Jane Eyre.

Jane Eyre, romance de estreia da consagrada e renomada escritora inglesa Charlotte Brontë, narra a história de vida da heroína homônima. Quebrando paradigmas e criticando a realidade vitoriana da época, Jane Eyre desafia o destino imposto às mulheres e as posições sociais que elas deveriam ocupar. Recheado de características góticas, o romance possui personagens inesquecíveis e transformadores, como a figura do misterioso Rochester, patrão de Jane e peça vital da narrativa.

The Hidden Oracle - Rick Riordan
                       [O oráculo escondido (tradução livre)]

 Como é de praxe, tem livro novo do tio Rick chegando para nós, e dessa vez a notícia é MUITO boa. Uma série nova passada no mundo de Percy Jackson! Depois do final "definitivo" de O Sangue do Olimpo, nós, fãs, reencontraremos nossos personagens preferidos. Para mim, a série do Percy é a melhor do tio Rick, mesmo que eu também goste bastante de As Crônicas dos Kane e de Magnus Chase (ah, vem resenha dele por aí!). Espero que The Trials of Apollo [As provas de Apolo (tradução livre)] seja tão boa quanto todas essas para eu não me arrepender de encher uma prateleira só com Rick Riordan. Ele será lançado no primeiro semestre desse ano!
Depois de irritar Zeus, seu pai, o deus Apolo é derrubado do Olimpo. Fraco e desorientado, ele chega a Nova York como um adolescente comum. Agora, sem seus poderes divinos, a deidade de 400 anos deve aprender a sobreviver no mundo moderno até ele conseguir encontrar uma forma de ter Zeus novamente a seu favor. Mas Apolo tem muitos inimigos – deuses, monstros e mortais que amariam ver o ex-Olimpiano permanentemente destruído. Apolo precisa de ajuda e ele só consegue pensar a um lugar para ir… um enclave de semideuses modernos conhecido como Acampamento Meio-Sangue.
(Sinopse traduzida por Livros em série)


 Demigods & Magicians - Rick Riordan
 [Semideuses e Magos]

 Pois é, quando eu falei em encher uma prateleira com livros do tio Rick, não estava de brincadeira. Acho que a maioria dos fãs já conhece as três histórias de um crossover entre Carter e Sadie Kane (As Crônicas dos Kane), e Percy e Annabeth (Percy Jackson e os olimpianos/Os Heróis do Olimpo). Até agora, as três só existiam em e-book, por serem histórias curtas, mas finalmente decidiram lançar o livro físico com elas juntas! Será também lançado no primeiro semestre desse ano. Estou bem ansiosa para este porque nunca li nenhuma das histórias apesar de sonhar com esses crossovers desde antes deles existirem, haha. 
 Histórias inclusas: O Filho de Sobek, O Cajado de Serápis e A Coroa de Ptolomeu.

  

 Eu poderia falar de muitos outros livros que pretendo ler no decorrer do ano, mas vocês ficarão sabendo deles por meio das resenhas e outros posts. Enquanto isso, podem acompanhar minha meta de leitura completa através do Skoob

 E vocês, o que estão planejando ler nos próximos meses? Estão participando de algum desafio? Já leram algum dos que estão na minha meta? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários com palavras inadequadas ou ofensivas serão deletadas.

© Minhas Leituras - 2010-2016. Todos os direitos reservados. Blog e layout por Beatriz Teixeira. Desenho do cabeçalho: Gisele Dias.

Tecnologia do Blogger.
imagem-logo