Para hoje, música e alguma poesia...

We Heart It
  Olá!

   Sinto muita falta de postar com frequência, mas ultimamente tem sido difícil organizar meu tempo. Saibam, porém, que o quanto antes colocarei em prática meus planos para esse blog no qual encontro liberdade para publicar o que escrevo e acho relevante. Não desisto dele, apenas sinto necessidade de renová-lo...
   Bem, por enquanto, antes da próxima resenha, algumas coisas que chamaram minha atenção no último mês (ou "nos últimos tempos") e que, quem sabe, vocês também gostem!

  Carlos Drummond de Andrade
 Porque, sei lá, desde que li sua Antologia Poética fiquei encantada pela poesia de Drummond, principalmente depois de conhecer um pouco mais sobre ele. Agora estou lendo Sentimento do Mundo, feliz porque poesia e contos satisfazem minha necessidade vital de estar sempre lendo alguma coisa (externa à matérias escolares, por favor), mesmo entre muitas ocupações.

 Poesia


 Gastei uma hora pensando um verso
 que a pena não quer escrever.
 No entanto ele está cá dentro
 inquieto, vivo.
 Ele está cá dentro
 e não quer sair.
 Mas a poesia deste momento
 inunda minha vida inteira.


(Em Sentimento do Mundo)

 Colunistas da Intrínseca
 Já faz algum tempo que acompanho as colunas no blog da Editora Intrínseca, com destaque para Clarice Freire (Pó de Lua), Pedro Gabriel (Eu me chamo Antônio) e Leticia Wierzchowski (Navegue a lágrima). Sinceramente, minha opinião é que deveriam juntar essas colunas em um livro, lindas como são. Não raro esses autores traduzem meus pensamentos mais recentes em textos incríveis que costumam dar um toque a mais de alegria a meu dia.
 Todas as colunas da Intrínseca: http://www.intrinseca.com.br/blog/colunistas/

 Lost Stars - Adam Levine
 Porque é uma música linda!



 Wildest Dreams - Taylor Swift
 Mudando bruscamente de assunto... Como boa swiftie me sinto na obrigação de dizer que o clipe de Wildest Dreams ficou incrível, lindo e maravilhoso, e conseguiu retratar muito bem a essência da música. Confesso que depois do clipe de Bad Blood (que me decepcionou, apesar de que eu já nem gostava tanto antes) eu não tinha grandes expectativas, mas a Taylor consegue se superar. Estou assistindo muitas vezes, não dá pra cansar desse cenário (ou desse refrão, melhor parte da música) <3



***

 Por enquanto, é isso! Tenho mil e um textos para escrever, só escrevendo para alcançar qualquer lugar sem precisar hesitar...
 Posto textos também no Le Petit Memoir.