Entrevista da Biruta com César Mallorquí! #ConhecendoAutores


   Um dos maiores privilégios para um leitor é conversar com um autor que admira. A Editora Biruta, em uma entrevista com o autor espanhol César Mallorquí (A Ilha de Bowen e As Lágrimas de Shiva), deu a oportunidade a alguns leitores enviarem suas perguntas. O resultado da entrevista foi muito legal, o autor se mostrou tão simpático quanto seus livros, e as respostas são muito interessantes! Respondendo a pergunta do por quê é escritor, por exemplo:
   Então, por que sou escritor? Eu diria que por três motivos: em primeiro lugar, por herança. Em segundo lugar, por acaso. E, em terceiro lugar, porque escrever literatura, se você gosta, é um dos melhores trabalhos do mundo.
   Concordo plenamente!
  

   César Mallorquí nasceu em Barcelona em 1953 e, no ano seguinte, sua família mudou-se para Madrid. Seu interesse por literatura começou desde a infância, estimulado pelo sucesso literário do pai, criador do personagem El Coyote herói de muitos romances de sucesso. Estudou jornalismo na Universidade Complutense de Madrid e entre 1981 a 1991 dedicou-se a trabalhos de publicidade como "criador" de várias agências. Entretanto, sua verdadeira vocação já se anunciava - a Literatura - e a ela passou a se dedicar intensamente. Publicou diversas obras e recebeu muitas premiações, como: A Parede do Céu - Prêmio Alberto Magno 1992; O Colecionador de Selos - Prêmio UPC 1995; O Círculo de Jericó e o Último Trabalho do Senhor Luna - Prêmio EDEBÉ 1996; As Lágrimas de Shiva - Prêmio EDEBÉ 2002.
Editora Biruta


  Para conferir a entrevista completa do autor, acesse o blog da Biruta: Papeando com César Mallorquí.

  Do autor, já li A Ilha de Bowen (resenha), que é um livro incrível!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários com palavras inadequadas ou ofensivas serão deletadas.

© Minhas Leituras - 2010-2016. Todos os direitos reservados. Blog e layout por Beatriz Teixeira. Desenho do cabeçalho: Gisele Dias.

Tecnologia do Blogger.
imagem-logo