Quatro - Veronica Roth [Livro do Mês: Novembro]

"Aqui, aprendi a me defender, aprendi a ser mais forte, mas há algo que não aprendi, que não me permitirei aprender, que é gostar de causar dor a alguém." - Quatro, Veronica Roth, pág. 92


Sinopse:
Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais.
Skoob

***
(Contém leves spoilers de Divergente, Insurgente e Convergente)

Como fã de Divergente, sempre amei o Quatro, o Tobias. A própria autora, Veronica Roth, começou a escrever a série a partir do ponto de vista dele. Com essas quatro histórias, conhecemos muito mais a sua personalidade, por trás de sua fachada séria e misteriosa.

Em A Transferência, o foco é a Cerimônia de Escolha de Tobias, quando ele decide mudar da Abnegação para  a Audácia por causa de seu pai. Ao contrário de Tris, ao refletir com qual facção ele mais se identificava, todas elas se encaixam em sua personalidade. Também é narrado o início da iniciação e como ele ganha o apelido de Quatro.

A Iniciação descreve toda a iniciação, as amizades de Tobias - Zeke e Shauna -, os conflitos com Eric, e as partes divertidas da Audácia. É bem legal ver qual era o antigo sistema de iniciação da facção de que tanto falava Tobias em Divergente.

A história O Filho ocorre no período logo após o fim da iniciação no qual Tobias está escolhendo um emprego na Audácia. Ele é desejado para ocupar um cargo importante, porém acaba escolhendo um mais comum, devido a informações que ele acaba descobrindo e a mudanças com a qual não concorda na facção. Nesse período também acontece seu primeiro encontro com sua mãe desde que ela supostamente morrera.

O Traidor passa-se dois anos depois do conto anterior, quando mais uma iniciação se inicia na Audácia, da qual Tris entra na história. Enquanto o relacionamento entre os dois vai evoluindo, de iniciando e professor até confiança e amor, Quatro está confirmando suas suspeitas sobre o envolvimento da Erudição com a Audácia, e sobre o ataque iminente que farão à Abnegação. A forma como ele vê o sistema como um todo e seus sentimentos em relação a Tris são bem descritos e, é claro lindos.
"Neste momento, consigo aceitar a inevitabilidade do que sinto, embora não com alegria. Preciso conversar com alguém. Preciso confiar em alguém. E, embora não saiba por que, eu sei, sei que ela é a pessoa certa." - pág 221
Enfim, depois de todas essas histórias, mais as cenas sob a perspectiva de Tobias (A primeira a pular: Tris!, Cuidado, Tris, e Você está bonita, Tris), sentimos como se o conhecêssemos por completo, e comparando-o a Tris, vemos que ele é menos impetuoso, mais tranquilo e até mais altruísta. Lógico, os dois ótimos personagens e um casal perfeito (sem aqueles triângulos amorosos que fazem sucesso nas séries de hoje). Conhecer a história de Tobias é entender melhor a história e o princípio de Divergente.
Amei!

Nota: 9,0

Ficha técnica:
Título: Quatro - Histórias de Divergente
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco Jovens Leitores
Nº de págs.: 272

Vocês são fãs de Divergente? Já leram Quatro? Curtiram a resenha?

Beijos,
Bia <4

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários com palavras inadequadas ou ofensivas serão deletadas.

© Minhas Leituras - 2010-2016. Todos os direitos reservados. Blog e layout por Beatriz Teixeira. Desenho do cabeçalho: Gisele Dias.

Tecnologia do Blogger.
imagem-logo