Lembranças



As lembranças estão por toda a parte. Estão no vento que bate no meu rosto. Estão nas nuvens cinzentas que vagam pelo céu. Estão naquela música, naquele cheiro, naquela foto, naquelas roupas. Memórias. Algumas fazem sorrir, algumas ainda doem, trazem lágrimas de saudade, tranquilizam. Lembranças distantes ou recentes, que nunca ficam velhas.
Algumas são tão vagas, mais como uma sensação distante que você não pode visualizar, mas ainda pode sentir o gosto familiar, uma emoção que você ainda pode sentir, por mais que você fosse muito novo para se lembrar dos detalhes.
Outras são tão perfeitas que se você fechar os olhos é como se vivesse tudo de novo. Certas lembranças você gostaria de poder mudar, fazer algo diferente. Mas lembranças são parte do passado, servem para que não cometa o mesmo erro no futuro e para lembrar do que valeu a pena.
Qualquer coisa é capaz de despertar uma lembrança em você, talvez porque algumas coisas mantenham sempre o traço do passado nelas, as marcas daquele momento, não importa quanto tempo passe, quantas vezes as estações mudem ou quantas vezes você mesmo mude. O passado pode ter morrido, mas as lembranças estarão vivas... Para sempre.

Bia F. T.
07/12/2013

2 comentários:

  1. Oi, Bia!
    Que texto lindo! É verdade, as lembranças, algumas ainda frescas na memória, outras meio embaçadas e já esquecidas; nunca morrem, o passado vai e não volta, mas elas permanecem.

    Bjs!

    escritoriando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que texto lindo Bia! Muito poético e muito verdadeiro

    ResponderExcluir

Atenção:
Comentários com palavras inadequadas ou ofensivas serão deletadas.

© Minhas Leituras - 2010-2016. Todos os direitos reservados. Blog e layout por Beatriz Teixeira. Desenho do cabeçalho: Gisele Dias.

Tecnologia do Blogger.
imagem-logo