A Culpa é das Estrelas - John Green

Gente, o concurso Futuros Escritores está muito perto, já vão vendo se poderão participar!
E hoje, mais uma resenha: o encantador A Culpa é das Estrelas, de John Green.


Sinopse:
A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.
Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.
Skoob

Minha opinião:
(contém spoilers leves sobre o livro)
Certo, eu fiquei um pouco aflita em ter de fazer essa resenha. Eu estou fazendo mais porque eu meio que sinto que fazer a resenha aqui no blog faz parte da leitura de um livro, rsrs'.
Ok, falemos sobre o livro.
Antes de ler, eu pensei que a) esse não é o tipo de livro que eu costumo ler e b) que como na maioria das resenhas que eu li todo mundo falava que chorava no final, eu pensei que não choraria (eu nunca choro, tipo, é raro).
E, apesar de me sentir meio insensível dizendo isso, eu realmente não chorei e nem mesmo fiquei sensibilizada (pelo menos não o bastante para me entristecer).
O que não significa que eu não tenha gostado do livro.
A Culpa é das Estrelas é o tipo de história que consegue te envolver sutilmente e é tudo ao mesmo tempo: engraçado, triste, fofo, romântico e lindo! John Green escreve super bem e os ambientes da história são lindos! Minha parte preferida é quando eles vão para Amsterdã, tipo, dá para imaginar direitinho como é lindo e tudo.
O romance de Hazel e Gus não é do tipo clichê que a gente encontra na maioria dos romances. E apesar das brincadeiras que eles mesmos fazem sobre suas doenças, a parte irônica do livro, você se sente compadecido por eles. E você realmente gostaria de poder fazer algo por eles.
Mas, como eu disse, esse não é meu gênero de livro preferido de livro (mesmo que eu leia, rs'). A Culpa é das Estrelas não é o meu livro. Mas com certeza é de muitas outras pessoas, e com certeza é maravilhoso.
Recomendo.

Nota: 8,0

Ficha técnica:
Título: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 288

Estou quase certa que ninguém concorda comigo, mas de qualquer forma quero saber suas opiniões. Já leram? Querem ler?  O que acharam?