As Crônicas de Gelo e Fogo - A Dança dos Dragões

Depois de um mês e uma semana passados mais uma vez em Westeros e Meereen, tenho prazer em apresentar a vocês o quinto volume da série As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin: A Dança dos Dragões.

Sinopse:
"O Norte jaz devastado e num completo vazio de poder. A Patrulha da Noite, abalada pelas perdas sofridas para lá da Muralha e com uma grande falta de homens, está nas mãos de Jon Snow, que tenta afirmar-se no comando tomando decisões difíceis respeitantes ao autoritário Rei Stannis, aos selvagens e aos próprios homens que comanda. Para lá da Muralha, a viagem de Bran prossegue. Mas outras viagens convergem para a Baía dos Escravos, onde as cidades dos esclavagistas sangram e Daenerys Targaryen descobre que é bastante mais fácil conquistar uma cidade do que substituir de um dia para o outro todo um sistema político e econômico. Conseguirá ela enfrentar as intrigas e ódios que se avolumam enquanto os seus dragões crescem para se tornarem nas criaturas temíveis que um dia conquistarão os Sete Reinos?"


Minha opinião:
Certo, deixe-me ver... como posso começar? 
Eu acho que esperava algo diferente de A Dança dos Dragões. Eu ia dizer "esperava mais", mas não. Esperar mais de um livro de 811 páginas é estranho. 
Primeiro, os pontos positivos. Daenerys está se superando. Ela está super perfil de rainha, embora ainda tenha o que aprender. Surgem vários novos mistérios no livro, perguntas demais para respostas de menos. Mas o ponto forte do livro é a Dany, na minha opinião. Grande parte do livro se passa com Jon, também. Agora que ele é o 998º comandante na Patrulha da Noite, ele ganhou mais deveres, o que significa que ele era mais legal antes. Acontece muita coisa nesse livro, é difícil falar dele sem spoilers. O final do Jon é chocante, mas acho que o que parece, ou está explícito, que aconteceu, não aconteceu. Estranho, né? Mas eu estou começando a prestar atenção nas coisas, porque, bem, tem muito detalhe nessa série.
Tipo, tem uns disfarces muito inteligentes do autor, se você não prestar atenção, não dá pra perceber até que seja revelado. E tem muito disso nesse livro, algumas coisas eu só descobri hoje lendo o Game of Thrones BR. Eu não sou exatamente cuidadosa com detalhesinhos. Mas eu estou muito desconfiada do Jaime e da Brienne, só teve um cap. do Jaime, mas já deixa uma questão em aberto. E uma das coisas que eu mais achei conflitante e genial na história foi o aparecimento de um personagem considerado morto. 
Agora, os pontos médios ou ruins:
Deveria ter mais capítulos da Arya. Só foram dois, e, sei lá, muito médios, ela está muito longe dos acontecimentos, como se não fosse mais importante. Como assim? Ela é a Arya. É bem difícil prever o que vai ser da história dela. 
Outro Stark decepcionando? Bran. Um dos capítulos mais monótonos do livro foi do Bran. Eu esperava mais, depois de tanta dificuldade para chegar ao "corvo de três olhos". 
E o Rickon não apareceu! Ele é praticamente um bebê, tudo bem, mas ele é um Stark, e é importante. Desde A Tormenta das Espadas ele está longe de vista, só há uma menção dele em Dança, mas acredito que ele vá aparecer no próximo. 
A história do Tyrion está bem divertida, sem reclamações.
E, sinceramente, o George precisa parar de mandar mistérios, porque só faltam dois livros para acabar, e acredito que serão bem grandes para solucionar, aos poucos, as dúvidas, porque tenho certeza de que não vai ser tipo Scooby-Doo, no fim do episódio eles solucionam e explicam tudo na hora (como eu amo Scooby-Doo). 
Fora isso, também achei que ele exagerou na quantidade POVs (Pontos de vista). E além de ter personagens demais, ele chama-os de muitos modos diferentes, o que nos leva a ler alguns parágrafos para saber de quem é o ponto de vista. Por exemplo, ele chamou o Barristan Selmy de três ou quatro nomes diferentes, menos de Barristan Selmy. Pois é.
Uau, ficou bem grande minha crítica, mas vale a pena, né?

Nota: 8,00 (acho que foi o terceiro melhor até agora).

Ficha técnica:
Título: A Dança dos Dragões
Título original: A Dance with Dragons
Autor: George R. R. Martin
Editora: LeYa
Nº de páginas: 811 (tirando o final com as Casas e tal).
Próx. livro da saga: Os Ventos do Inverno (previsto para 2016 nossa que divertido é esperar).


Alguém leu também?







3 comentários:

  1. Parece que esse livro não foi muito empolgante, hein? A nota 3 me surpreendeu! kkk
    Eu to meio travada na série, preciso continuar a ler...
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade essa nota foi um engano, era pra ter sido 8, mas eu tava contando tres de cinco, tendeu? To meio confusa. Tb não entendi pq a letra ficou desse tamanho, já vou arrumar...

      Excluir
  2. nossa, que legal... to doida para ler..A c ritica ficou d+

    ResponderExcluir

Atenção:
Comentários com palavras inadequadas ou ofensivas serão deletadas.

© Minhas Leituras - 2010-2017. Todos os direitos reservados. Blog e layout por Beatriz Teixeira. Desenho do cabeçalho: Gisele Dias.

Tecnologia do Blogger.
imagem-logo