Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

O momento em que o leitor fecha o livro e impressões sobre "O tempo e o vento", de Erico Verissimo

Este texto não é uma resenha, é mais a confissão de uma leitora encantada que não tinha com quem conversar sobre o final de uma obra que a cativou completamente: O tempo e o vento, de Erico Verissimo. É uma confissão sobre o momento em que o leitor fecha o livro e exclama mais uma vez: como é maravilhosa a Literatura!

09/02/2019:
    Fecho o livro com a sensação terna e, mais do que tudo, literária que vem com chegar ao fim de uma história, a qual ainda se seguiram cronologia da obra, breves biografias do autor, uma lista de suas obras, e ainda a última e derradeira página com todas as edições e reimpressões do livro e as informações sobre a diagramação, tipologia, impressão e sobre o papel certificado e produzido a partir de fontes responsáveis. Passei os olhos ainda marejados por todos essas formalidades pós-FIM até fechar, enfim, o calhamaço de 968 páginas sem orelhas, e olhar para sua capa já com saudades de sua presença. O tempo e o vento. Então é assim, no arquipélago, que …

Últimas postagens

As meninas - Lygia Fagundes Telles

Abstração

Quarto de despejo - Carolina Maria de Jesus

Despedida do tempo além do portão